Negociações salariais são positivas para trabalhador em 2007

A grande maioria (96%) das 715 negociações salariais acompanhadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), em 2007, garantiu aos trabalhadores, no mínimo, a reposição das perdas salariais. Em 88% dos casos analisados, os trabalhadores conquistaram aumento real de salário. Em 2006 esse percentual havia sido de 86%. Segundo a entidade, o resultado de 2007 é o melhor desde o início do levantamento, em 1996.

A grande maioria (96%) das 715 negociações salariais acompanhadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), em 2007, garantiu aos trabalhadores, no mínimo, a reposição das perdas salariais. Em 88% dos casos analisados, os trabalhadores conquistaram aumento real de salário. Em 2006 esse percentual havia sido de 86%. Segundo a entidade, o resultado de 2007 é o melhor desde o início do levantamento, em 1996.

Este é o quarto ano consecutivo em que mais de 70% das negociações conseguem recomposição das perdas, calculadas de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), medida oficial de inflação no país.

Dos 88% ou 627 negociações da amostra que conquistaram aumento real, cerca de 70% tiveram aumento 1% acima da inflação e só 6% acima de 3%.

Entre todas as negociações analisadas, apenas 29 não conseguiram repor a inflação do período.

Setores

Por setor, os melhores resultados são o da indústria: 94% das negociações analisadas deram aos trabalhadores aumento real acima do INPC. No comércio, o percentual chegou a 85%, e nos serviços, a 81% das negociações.

Segundo o supervisor do Escritório Regional do DIEESE em SP, José Silvestre Prado de Oliveira, os bons resultados têm relação com o baixo nível de inflação registrado nos últimos anos. "Como o INPC tem sido menor, aumentaram as negociações com reajustes iguais ou superiores a ele", explicou.

Responda ao nosso questionário sobre salário e condições de trabalho.

loading...