Assédio moral: o que fazer?

www.meusalario.org.br / assédio moral / trabalho decente / como se defender do assédio moral / humilhações
  • Anotar com detalhes todas as humilhações sofridas (dia, mês, ano, hora, local ou setor, nome do agressor, colegas que testemunharam, conteúdo da conversa e o que mais você achar necessário); 
  • Tornar o fato visível. Procurar a ajuda dos colegas;
  • Buscar apoio dentro e fora da empresa;
  • Procurar não conversar com o agressor sem testemunhas;
  • Exigir por escrito, explicações do ato agressor e permanecer com cópia da carta enviada ao Departamento Pessoal ou RH da eventual resposta do agressor;
  • Se possível, mandar sua carta registrada, por correio, guardando o recibo;
  • Buscar orientação em seu sindicato e relatar o acontecido para diretores e outras instâncias como médicos ou advogados do sindicato, bem como Ministério Público, Justiça do Trabalho, Comissão de Direitos Humanos e Conselho Regional de Medicina (ver Resolução do Conselho Federal de Medicina n.1488/98 sobre saúde do trabalhador);
  • Recorrer ao Centro de Referência em Saúde dos Trabalhadores e contar a humilhação sofrida ao médico, assistente social ou psicólogo;
  • Solicitar apoio junto a familiares, amigos e colegas.
loading...